Assembléia Extraordinária

Sobre os boletins

Não foram circulados os boletins da última quinzena do mês pois os textos que seriam impressos não foram entregues.
Faremos um e o circularemos na primeira quinzena da volta às aulas.
Convidamos todos os alunos para que contribuam com o boletim com qualquer tipo de material (artigos, resenhas, poemas, desenhos, fotos, etc).

BOAS FÉRIAS AMIGUINHOS!!!  (^~^)

Ata da reunião do dia 30/06

Pautas:

  • informes;
  • conselho deliberativo;
  • balanço da assembleia;
  • cine C.A.

Informes:

Foi dado o informe sobre a casa do estudante e do último Conselho Universitário. Também foi levantado o problema de o DCE nãoter convocado um CD para discutir tal conselho.
Outro informe dado foi o de a aluna Amanda que tinha sido recém integrada à gestão ter saido do curso.

Cine C.A:

Foi reservada a sala e falta a confirmação da professora Renata.

Conselho Deliberativo(DCE):

Nessa quinta-feira ocorrerá  um CD que discutirá as cadeiras para o conselhos e camaras de decisão da Universidade. Irão para o CD como representantes do CACS: André Azém e Luciana Brauna.
Será ressaltada a crítica ao DCE pelo fato de este não ter convocado um Conselho Deliberativo para discutir a questão do processo seletivo para a Casa do Estudante (CEUEL), no qual alguns contemplados receberão uma bolsa de auxílio para moradia. Também será criticado o fato de o DCE não ter convocado uma Assembleia para a prestação de contas das chapas que disputaram na última eleição da entidade.
Fica também a crítica pelo fato de o DCE ter avisado sobre o CD restando apenas dois dias para a realização do mesmo, o que esvazia uma discussão política da necessidade ou não de se ocupar estes espaços.

Balanço da Assembleia:

Fora aprovada a prestação de contas apresentada pela comissão de realização do ERECS. Uma cópia da prestação ficará disponível no CACS e a original será arquivada.

Assinam a ata os presentes:

  1. Jonas de Campos;
  2. Danilo Sanches;
  3. Michelle A.;
  4. Klaus Kux;
  5. André Luiz Azém.


Ata da reunião do dia 06/07

Pautas:

  • Eventos;
  • Conselhos Deliberativos;
  • Propostas de atividades para o próximo semestre.

Eventos:

Irão ocorrer dois eventos no Rio de Janeiro, ligados a questão social, que irão contar com a participação de cinco estudantes de Ciencias Sociais da UEL: Eduardo, Larissa, Alex, Tatiana e Leonardo.
Os estudantes socilitaram verbas ao CACS para viabilizar o transporte e alimentação, no total de R$560,00.
A viabilização financeira foi aprovada.

Conselho deliberativo:

Ante a convocação de um CD feita pelo DCE, o CACS, houve uma discussão sobre a necessidade de se ocupar os espaços de deliberação da Universidade (Conselho Universitário, Conselho Administrativo, Conselho de Esino Pesquisa e Extensão ). Fora pedido uma prorrogação na indicação dos nomes junto ao DCE, pois o este divulgara tal Conselho Deliberativo restando dois dias para a realização do mesmo. Assim, foi marcado um próximo CD, no qual os CAs que não tiveram tempo o suficiente para discutir sobre a questão apresentem seus nomes.
Neste CD, o DCE informou sobre a criação de uma comissão para políticas estudantis que dentre outras coisas, tratará de políticas sobre acesso e permanência. Esta comissão fora elaborada no último Conselho Universitário, que também deliberou sobre o destino do estudantes que passaram no processo seletivo da Casa do Estudante. Destes, 19 receberão um “auxílio moradia” de R$300,00 já que a casa não conta com vagas o suficiente. A decisão pela bolsa passou por unanimidade tendo somente o DCE como representação estudantil.
Neste próximo CD será discutido novamente a questão da moradia estudantil, o CACS tem como posição contrária frente a questão de se fornecerem bolsas. Somos favoráveis a um plano mais amplo de permanência, com o investimento das verbas em espaços físicos que acomodem todos os estudantes selecionados.

Atividades para o próximo semestre:

Organizaremos a vida financeira do centro acadêmico, fazendo a contabilidade até o presente momento.
Promovermos debates sobre moradia estudantil e sobre as taxas cobradas na UEL.
Elaboração de um calendário de atividades no CACS.
O Cine CA continuará sendo uma atividade quinzenal, as 15:00.
Resgataremos as comissões pensadas para a gestão, afim de organicizar mais o CACS.
Realizar a Assembleia de curso para a discussão de pautas específicas das Ciências Sociais, bem como a realização do seminário sobre as entidades estudantis.
Ver a possibilidade de uma reforma no CACS.
Discutir sobre movimentos de área.

Assinam a ata os presentes:

  1. Klaus Kux;
  2. Danilo Sanches;
  3. Michelle A.;
  4. Jonas de Campos;
  5. André Azém.

Ata da Assembleia do dia 23/06 (prestação de contas do ERECS)

Foram dados informes e as resoluções da assembleia passada na qual foi feito o balanço do evento.
As contas foram apresentadas e iniciou-se a discussão sobre o que fazer com o lucro liquido do evento.
Era de consenso que o dinheiro ficaria sobre a responsabilidade do C.A, porém foram apresentadas propostas de como seria a utilização deste dinheiro.
Após as discussões foram apresentadas as seguintes propostas:

  1. Que o dinheiro fosse “congelado” e só poderia ser usado para o próximo ERECS, com o destaque de se utilizar também para o encontro nacional;
  2. Que o dinheiro fosse repassado para o caixa comum do C.A, podendo ser utilizado de acordo com as necessidades da entidade;
  3. O dinheiro seria reservado para o ERECS, porém poderia ser utilizado desde que fosse garantido o seu retorno integral.

Após discussões foram mantidas somente duas propostas, tendo sido retirada a proposta de número dois.
Feita a votação, fora constatado o empate. E após nova discussão foram apresentadas mais duas propostas:

  1. O dinheiro ficar sob o controle do C.A mas se necessário seu uso teria de ser aprovado em assembleia;
  2. Que o dinheiro pudesse ser utilizado, mas que o seu retorno integral seja garantido após o uso.

As propostas foram votadas e ganhou a proposta de número 1, tendo esta recebido 18 votos. A proposta número 2 recebeu 4 votos.
Fora informado que houveram gastos posteriores ao evento, como para repor as panelas roubadas e o conserto do carro utilizado no evento.
Os certificados do evento estão prontos e os interessados devem procurar a comissão para esta fornecer os mesmos.

Assinam a ata os presentes:

  1. Raniery Parra;
  2. Michelle Aparecida;
  3. Felipe Augusto;
  4. Karen Dib;
  5. Inês Monique Miranda;
  6. Vinicius Ramos;
  7. Bruno Gracias;
  8. Larissa Rocha;
  9. Marcos Alberto da Silva;
  10. Jonas de Campos;
  11. Klaus Kux;
  12. Felipe Calabrez;
  13. Jaqueline Andrade;
  14. Yuri Galvão;
  15. Jamile Batista;
  16. Alex Souza;
  17. Eduardo Baroni;
  18. Larissa Mattos;
  19. Alexandre Fernandes;
  20. Lucélia dos Santos Garcia;
  21. Leonardo Okuyama;
  22. Maicon de M. de Miranda.

Ata da reunião do dia 22/06

Pautas:

  • Boletim;
  • Assembléia;
  • Cine C.A.

Assembléia:

Foi discutida a Assembléia de sábado, de balanço do ERECS, na qual ficou definido que o C.A soltaráuma nota sobre os acontecimentos e repudiando as atitudes caracterizadas como autoritárias por parte da comissão. Destacou-se mais uma vez o problema de a comissão não ter comparecido à assembleia.
Ressaltou-se que o C.A cumpriu seu papel garantindo a assembleia, sua divulgação e execução.
Quinta-Feira terá assembleia para a prestação de contas do ERECS, e o C.A levará a ata para informar a todos sobre as deliberações da assembleia.

Cine C.A:

Definiu-se que a próxima apresentação do Cine C.A terá uma discussão sobre gênero.
O filme será “Terra Fria”, foi convidada a professora Renata para tocar a discussão, e caso esta esteja indisponível será convidada a professora Silvana.
O próximo Cine C.A será realizado no dia 01/07.

Boletim:

O boletim será feito após a Assembleia de quinta-feira. Terá em seu corpo o balanço do ERECS, dos congressos (Conlutas e Conclat), sobre o encontro de mulheres da Conlutas, aliando com a situação da UEL, prestação de contas, informes do Cine C.A, prestação de contas do C.A, informes sobre as canecas e festas.

Assinam a ata os presentes:

  1. Luciana Brauna
  2. Michelle A.
  3. Danilo Sanches
  4. Jonas de Campos
  5. Klaus Kux
  6. Yuri Sabino
  7. André Martire
  8. Samira do Prado

Ata da assembleia do dia 19/06/10

Pauta Única:

  • Balanço do ERECS.

Balanço do ERECS:

A assembleia se iniciou com a delimitação de suas funções: não serão feitos julgamentos pessoais, não serão impostas punições, haverá apenas a exposição dos eventos ocorridos e o balanço crítico.

O intuito dessa assembleia é enumerar erros e reconhecer acertos para otimizar a realização de eventos futuros.

O CACS enfatiza que não houvemaior participação de sua parte, toma isso como um balanço negativo e reconhece seu erro. Enfatiza também o repúdio à postura autoritária que se manifestou em alguns momentos do evento por membros da comissão realizadora deste. O C.A enfatiza que tais atitudes não devem ocorrer.

Um primeiro ponto negativo ao ERECS foi o esvaziado debate político, o execesso de centralização e o personalismo manifestado durantes as reuniões de construção do evento. Uma pessoa da comissão do ERECS ressalta a eficiência da auto-gestão e a participação acadêmica no evento (tanto a discente como a docente), sendo estes exemplos de avanços em comparação com eventos anteriores.

Enumerou-se também a prática do “coleguismo” por parte da comissão na delegação de tarefas e na seleção de colaboradores.

A falta de mais membros da comissão organizadora na assembleia também configura um balanço negativo para esta, uma vez que compromete a discussão por não oferecer mais recursos e pontos de vista ao debate.

A questão da agressão sofrida por um estudante durante o evento foi levantada por um membro da comissão.  Este membro diz que o fato só tomou grandes proporções devido a ação de membros da comissão organizadora.

Quando foi questionado quem são os membros da comissão organizadora, evidenciou-se o fato de tal comissão ser composta majoritariamente por alunos do terceiro ano matutino. Estes centralizaram em torno do grupo aspectos relevantes da realização do evento.Uma pessoa que tentou ingressar na comissão relatou o caráter operacional/estratégico da organização, este indicava o fechamento da comissão bem como a centralização da mesma.

Muitos destes problemas relatados remontam ao ano passado, como o fracasso de festas e a cultura de não se discutir sobre os problemas. Nesse sentido, as discussões desta assembleia buscam a superação de tais quadros.

Um problema recorrente é o centramento da comissão e a não discussão dos problemas por parte dela. A grosseria e o autoritarismo, sobretudo com os estudantes nas festas (tanto as que se realizaram antes, quanto aquelas que ocorreram durante o evento), foram ressaltados como problemas recorrentes. Curiosamente, tal comissão não está presente nesta assembleia de balanço.

Fora ressaltada a importancia dos ELFOs (Espaços de Livre Fomentação) apesar da dificuldade da realização de alguns.

Foi levantada a demanda da discussão política dentro do evento.

Uma aluna do mestrado protestou contra a rigidez e a falta de confiança por parte da comissão.

Em relação ao dinheiro que sobrou, houve proposta de se fazer uma festa.

As seguintes propostas foram levantadas:

  1. Carta de repúdio ao autoritarismo;
  2. “reabsorção” da comissão organizadora por parte do CACS;
  3. não manter o dinheiro arrecadado;
  4. A realização de uma festa de grandes proporções.

Deliberações:

  • A dissolução da comissão organizadora foi aprovada por unanimidade;
  • O repúdio ao autoritarismo foi aprovado por unanimidade;
  • O dinheiro do evento será depositado no caixa do C.A após a prestação de contas;
  • Os encaminhamentos tirados nos GDs do ERECS serão sistematizados em uma revista e divulgados.

Assinam a ata os presentes:

  1. Vinícius R. Lanças
  2. Felipe Calabrez
  3. Felipe Caldonozzo
  4. Vanessa Domingues
  5. Luciana Brauna
  6. Michelle A.
  7. Jonas de Campos
  8. Danilo Sanches
  9. Yuri Sabino
  10. Klaus Kux
  11. Jaqueline Andrade
  12. André Luiz Azém
  13. Felipeapa(?)
  14. Ana Karina C.
  15. Bruno Gracias Dios.